O Movimento da Real e sua Falácia





Como já expliquei no meu primeiro post, o cara que me abriu os olhos sobre como o mundo funciona foi o Silvio Koerich. Como o blog dele não mais existe, na época baixei um arquivo pdf com o conteúdo salvo de todo o blog, sendo assim não tive contato necessariamente com o que eu chamo de blogosfera ou finansfera, isto é, esse monte de blog pequeno de gente por todo o Brasil (e fora dele) postando atualizações de patrimônio e aconselhando sobre diversos temas. Isso porque como era em pdf, eu não lia os comentários, só comecei a fazer isso quando passei a ler os posts do Pobreta. Dentro da blogsfera existem inúmeras linhas de pensamento sobre os mais diversos temas, sendo os principais deles dinheiro e mulher. Esses são de longe os temas mais debatidos e que mais amarram o brasileiro médio no mar de bosta que vivem. Ter controle sobre sua vida financeira e amorosa de fato é a base sobre a qual todo o resto é alicerçado.

Ainda assim não existe um consenso sobre qual a melhor maneira de alocar seus recursos para obter um melhor rendimento, por exemplo o Pobreta era trucidado por adotar uma estratégia de all-in na Eletropaulo. Vi muita gente falando que bitcoin era o futuro, outros dizendo que não valia nada, e hoje o que mais vejo é blogueiro que ganhou muito e perdeu muito achando que o futuro ainda não tinha chegado (por exemplo, meu querido Mestre dos Centavos). Quem comprou FIIs a três anos atrás está colhendo bons frutos hoje e a maioria que apostou em imóvel se lascou. É um querendo estar mais certo que o outro, mas a realidade é que ninguém sabe de nada e quem acertou pode mais à frente errar. O caminho mais rápido sempre será o mais arriscado, para acertar mesmo não tem jeito, é diversificar e manter uma estratégia.

No quesito mulher é que a coisa fica complicada, porque envolve muito do nosso próprio ego. Você vê, temos algo programado pela evolução que nos faz sentir bem ao socializar e relacionar com garotas, do mesmo modo que nos sentimos mal (e muito mal) quando não temos isso, e pior ainda quando vemos os outros marmanjos debochados conseguindo algo que queremos e não temos. Há um consenso em nosso meio de que a sociedade de hoje cultiva o que o Pobreta chama de "diabolheres", são elas que premiam os cafajestes, olham com cara de nojo para os pobretões, gastam o melhor período físico na putaria e bebidas. Aí, quando são mãe solteiras e começa a decadência física lá perto dos 30 arrumam um pobretão para se casar e sustentar o esperma alheio. É uma imagem apavorante.

A Enésima Matrix

Compreender essa dura realidade da vida é lutar para escapar do que costumou-se chamar de "matrix". O termo é uma alusão ao filme "The Matrix", um dos melhores e mais revolucionários filmes do século XX (se você não assistiu, pare tudo o que estiver fazendo e assista, seu bosta).

Não que as mulheres tenham uma natureza masoquista ou sejam ruins por natureza, nada disso, - mulher é a companheira idônea do homem - apenas o avanço de certos movimentos como o feminista e lgbtqrstuxyz+ banalizaram o sexo, extinguiram o valor da virgindade e transformaram a depravação e prostituição em algo aceitável e que gera até curiosidade entre alguns. Por causa disso alguns blogueiros defendem coisas como o marriage strike, modo zumbi, etc.para convencer pessoas a não terem relacionamentos verdadeiros com mulheres, limitando-os a uma relação comercial que objetifica a mulher, que é a garota de programa, ou GP.

Esses mesmos caras nos falam baboseiras diárias sobre o que é ser alfa e beta, nos mandam entrar na academia, fala que tu deve ser o "alfa físico" e todo esse besteirol que coloca a mulher como o sol diante do qual sua vida orbita. Isso, na minha opinião, é sair de uma matrix pra entrar em outra, na verdade você anda em círculos. De um lado escancaram a realidade sobre as mulheres, dizendo que não existe aquela mulher perfeita dos filmes românticos, do outro te colocam um ideal de mulher perfeita, a GP top, o qual você deve perseguir e investir seu dinheiro. Tipo aquele babaca do Pobre-Diabo nesse post aqui.

A Real

O que eu vejo hoje é que existem diversas realidades paralelas e simultâneas na mesma sociedade, participamos de várias delas em maior ou menor grau, de acordo com nossos hábitos e poder de compra. Por exemplo, um senador ou ministro do STF não faz a mínima ideia do que é a vida do brasileiro médio, viver com um sistema de saúde falido e com segurança quase zero. Eu não tenho dívidas, então não sei o que é viver na corrida dos ratos que participam 90% dos nossos conterrâneos, de viver pra pagar dívidas. Tem cara que namorou e casou cedo, é evangélico, tem 3 filhos e não sabe o que é farra. Tem cara que mora no sertão numa casa minúscula com 8 pessoas entre tios, mãe, primos e avó e não sabe o que é privacidade ou se divertir sem tomar cachaça. O que a gente fala aqui é o contexto geral, mas a sua realidade só você conhece.

Se você conhece uma garota legal, fique com ela cara, se relacione e amadureça. A coisa ficou séria? Procure analisar racionalmente o namoro, se lhe ajuda a crescer como pessoa ou se atrapalha seus aportes e evolução financeira. De fato, o desenvolvimento pessoal e financeiro e sua relação com Deus devem ser prioridade em sua vida. Isto lhe da estabilidade emocional para superar muitas barreiras e também da forças para continuar caminhando. Ter alguém para dividir a caminhada da vida é a melhor coisa do mundo, não importa o que digam.

Já pra você que é jovem, cara, até os 20 não se preocupe em pegar mulher, eu sei como ser adolescente é foda mas se você um JPBF, fazer o quê? Estude pra caramba, faça um concurso público ou um curso bom, trabalhe e ganhe seu dinheiro. Eu garanto que depois disso sua vida amorosa vai ficar muito, muito melhor, no sentido de conhecer e se relacionar com pessoas. O que importa é você sair da merda, ter um salário bom e aumentar seu patrimônio. Quantas mulheres Robert Kiyosaki já pegou? Eu não faço ideia nem quero saber, mas o cara é um ícone no mundo das finanças - fraude ou não, o cara é famoso e rico. Se surgirem mulheres na sua vida, tudo bem. Não romantize achando que sua primeira namorada será o amor da sua vida, mas também não reduza o sexo feminino a objetos a serem comprados num cardápio.Entenda a realidade e procure um equilíbrio, existem mulheres e mulheres, saiba diferenciar e decidir o que e quando é melhor para você.

É isso aí, forte abraço.

Jhonny

Comentários

  1. Parabéns pelo artigo, conseguiu mostrar um olhar não extremo das coisas, estava precisando ser isso.


    ResponderExcluir
  2. Olá amigo,

    Recomendo fortemente que modere os comentários, pois nós que nos posicionamos contra esse movimento "realístico" vive recebendo ataque de Trolls.

    A "Real" é tão ruim quanto o Feminismo Contemporâneo e o Movimento LGBTQI+.

    Abraços.

    futuramenterico.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post. E não modere nada, haters fazem parte da vida de quem tem e expõe opinião. Cheguei a pouco na blogosfera, mas tb não concordo com grande parte do que prega a tal da Real.

    Abs

    ResponderExcluir
  4. Pois é senhores, acredito que hater faz parte também, o espaço é aberto a todos. Agradeço os comentários, sintam-se livres para comentar, instiga qualquer blogueiro a escrever mais.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Jhonny, não sei exatamente sua idade, mas pela sua descrição você já conhece "a real" e a blogsfera a alguns anos, logo você de ser um cara com cerca de 30 anos e de certa forma um pouco mais maduro.

    Esse tema que você tocou é muito interessante, sempre achei hipocrisia algumas críticas de blogueiros e seguidores com relação a algumas coisas.
    Um exemplo: Como você mesmo citou, muitos criticam a libertinagem feminina, porém a grande maioria dos críticos são assim apenas por não estarem incluídos nessa libertinagem, não conseguirem essas mulheres, pois se estivessem participando desse contexto não criticariam. Apenas uma pequena parte desse críticos têm suas opiniões fundamentadas em valores pessoais.
    Hoje, diferentemente do que acontecia até alguns anos existem no Youtube diversos vídeos e "coachs" tratando de sedução, relacionamentos, homens, mulheres etc, muitos deles com milhares de visualizações e seguidores e muitos dos conceito que o pessoal da "Real" defendia são repetidos em comentários desses vídeos.
    Hoje os blogs nem são mais a principal porta e fonte de conhecimento para quem busca informação sobre esses temas, o Youtube e seus "especialistas" estão cada vez mais ocupando esse espaço.
    Muito do que se falava e ainda se fala nos blogs é de fato real, ocorre mesmo nas relações sociais, com mulheres, no trabalho, faculdades, família. Assim como muito do que era e é falado sobre trabalho, mulheres, empreendedorismo, investimentos, carreiras na blogsfera também é verdadeiro.

    Porém tudo deve ser levado com equilíbrio e com cada um procurando aproveitar o que lhe for útil e lógicamente descartando todas as besteiras e inutilidades que todos esses ambientes oferecem.
    Para quem tem senso crítico pra saber separar joio do trigo muitos desses blogs, videos etc podem trazer boas reflexões, mas tem que saber separar o bom do ruim e não generalizar.

    Na blogsfera sempre se criticou quase que unanimemente o comportamento de manada, lógico que isso vale também pra quem acompanha esse tipo de material.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Anon, seu insight sobre o tema é bem acurado. Os caras criticam algo que eles não têm, simplesmente por não ter, e esse tipo de atitude, guiada pela inveja e falta de auto-estima, é justamente o que caracteriza o comportamento do beta, ou seja, continuam a agir seguindo o mesmo padrão.

      Excluir
  6. Excelente Jhonny é exatamente como eu penso hoje. É mais ou menos com a música do Zeca pagodinho, deixa a vida me levar. Faço o meu, trabalho e me esforço para melhorar. Dinheiro e mulheres são apenas efeitos colaterais desse esforço. Se vão prestar ou não, dane-se, temos que levar como experiência e aprendizado.

    Os betas acham que saíram de uma Matrix mas entram em várias outras.

    Abraços e sucesso financeiro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala, meu nobre! O importante é o autodesenvolvimento, o resto é consequência. Como eu falei num post anterior, o mundo das finanças me ajudou a abrir os olhos em muitos outros aspectos, desde saúde até política. Espero que você consiga se organizar financeiramente e retorne à corrida rumo ao milhão.
      Abraço.

      Excluir
  7. Sim , concordo em muitos pontos que você citou. Principamente sobre existir outras matrix dentro da própria REAL, mas a verdade seja dita que a pessoa tem que saber filtrar o conteúdo, existem vários membros e várias opniões e materiais a serem filtrados. Geralmente os caras que conseguiram internalizar a Real de fato que pra mim é o Desenvolvimento pessoal juntamente com a lida com mulheres tem as opniões mais sensatas.

    Mas as vezes eu percebo que tem muita gente que conhece a Real e logo quando arruma uma namorada ou coisa do tipo cospe no prato que comeu. Fala que a Real está errada, que os caras são misóginos que nada avê as coisas que estão lá. Mas depois que o cara se fode em algum relacionamento por pura juvenice dele, o cara corre no fórum chorando.

    Então a verdade que a Real é um remédio que nem todos estão preparados para tomar. Se o cara está em um relacionamento e está feliz, dificilmente ele terá motivações de frequentar tais recintos e geralmente nesses periodos, o cara até se esquece do seu próprio desenvolvimento pessoal.

    Então realmente são várias vertentes a serem análisadas, só acho que a Real está certa em 99% do que ela prega, principalmente se tratando das Súmulas que tem lá, se o cara seguir as chances de ele se fuder em um relacionamento ou na vida diminuiem bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem isso, Playboy, de fato como eu falei no primeiro post do blog eu só encontrei a blogosfera depois de terminar um relacionamento longo. Aprendi muita coisa e posso dizer que isso mudou meu jeito de enxergar o mundo. Abraço.

      Excluir
  8. "De fato, o desenvolvimento pessoal e financeiro e sua relação com Deus devem ser prioridade em sua vida. Isto lhe da estabilidade emocional para superar muitas barreiras e também da forças para continuar caminhando. " Excelente!

    Estou na Real desde 2009 pois participava da MGHB e desde então só vim começar a colher frutos tangíveis agora, com cerca de 25 anos. Relacionamentos são apenas efeitos colaterais de uma mentalidade bem centrada .

    Abraços,

    Intendente Frugal.

    ResponderExcluir
  9. A coisa mais importante neste mundo é nosso desenvolvimento pessoal. Mulheres são consequência. Voce viu que eu me ferrei ao namorar com uma mina ae. Tem que ter muita maturidade e pé no chão nessas horas e eu não fraquejei. Vi que não valia a pena e saí fora. Abraço

    ResponderExcluir
  10. Confesso que pensei que iria ler críticas infundadas sobre a Real, pois é o que venho lendo muito ultimamente. Porém você fez um bom arranjo da real situação. Particulamente falando, conheço a real desde os 15 anos (foi em uma dessas pesquisas aleatórios na net) e, mesmo nunca tendo feito cadastro, ela me ajudou desde então a evitar vários problemas e focar no que realmente devo focar. Hoje com 19 anos estou no 2 ano de medicina, tenho minha namorada e meus amigos que sempre me ajudam, e credito boa parte desses pequenas conquistas ao que eu li e aprendi na Real (existem textos realmente bons por lá). Inclusive, ultimamente, ando afastado desses sites não só pela infeliz falta de tempo, mas por acreditar que a Real é na rua, na sua lida diária com as pessoas e situações. Portanto, assim como algumas pessoas se beneficiam com essas ideias, outras podem levar pro lado negativo. Lembro bem que nos fóruns da Real sempre tinham uns caras perturbados que não evoluiram do estágio da revolta, só sabiam criticar mulher etc enquanto que o mesmo cara não fazia nada pra melhorar de vida. São essas pessoas que queimam a Real.

    ResponderExcluir
  11. Fala Jhonny, descobri seu blog há pouco tempo e gostei do seu conteúdo. Muito bom.

    No post você mencionou que há um tempo baixou um pdf com todo o conteúdo do blog do koerich. Você ainda tem esse pdf? Poderias compartilhar com a galera? Eu cheguei na blogosfera pouco tempo depois de ele ter abandonado o blog, mas a fama dele ficou aí tenho interesse em saber os posts dele. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon, obrigado pelo comentário. O Silvio é o grande profeta. Disponibilizei o link para o pdf na seção "Links Úteis", abaixo do Blogroll (na página inicial, clique nos 3 tracinhos acima do nome JHONNY).

      Abraço.

      Excluir

Postar um comentário

Mais visitadas