Atualização de Patrimônio - Setembro de 2021: R$ 131477,67 (-1,37%)

 


Bom dia, boa tarde, boa noite, pessoas! Tudo bem?

Mês após mês vejo meu patrimônio derreter apesar dos aportes mensais e re-injetar os aluguéis dos fundos. Nos noticiários mundo afora as notícias também não andam tão boas e o pior de tudo é ver como a mesma sinfonia ainda é tocada: organizações de esquerda promovendo a libertinagem e quebra dos valores e costumes sem substituir por nada de útil, uso do dinheiro público apenas para fins de controle da população e alcance dos objetivos "deles" e ainda por cima a mídia global acobertando essas falcatruas e tentando nos empurrar um modo de pensar e ver o mundo. É literalmente querer reescrever a história e os fatos, o famigerado "Let's go Brandon" é o exemplo mais recente e descarado.


Fazendo uma retrospectiva, lá em 2019 foi quando eu ganhei uns trocados operando com swing trade no índice bovespa. Eu tinha uma máxima: esse novo governo vai mudar o Brasil para melhor. E mudou mesmo, tivemos uma continuação do legado de Temer com alta da bolsa, mais confiança do Brasil pelo exterior, crescimento da economia. Infelizmente o cenário da pandemia pegou a todos de surpresa e agora o mundo todo tenta se reerguer da maneira que acha certo. Atualmente temos as duas maiores economias do planeta em situação no mínimo complicada: a China com a Evergrande em xeque e a ameaça da inflação nos EUA de Joe Biden. Eu lembro que lá na era Obama houve preocupação quando o presidente imprimiu dinheiro para aliviar a crise e ajudar os amigos do rei, hoje temos outro democrata com expectativas de elevar o teto da dívida e mais uma vez minar a economia americana. Com todo esse ruído vindo da mídia e dos 'experts' ao meu redor, acabei criando dúvidas e deixando de lado o swing trade para procurar algo mais "estável" que na época eram os fundos imobiliários. Hoje eu acho que foi uma má decisão pois aprendi que não me vejo como um investidor "buy and foda-se", acho interessante ter controle sobre meus investimentos e respeitar meu conhecimento limitado sobre operações de curtíssimo ou longuíssimo prazo. Claro que eu não tinha como saber disso na época que investi, pois pensava em diversificação, porém hoje eu ficaria com o "menos é mais" e investiria ou em renda fixa ou em ETFs.

Falo isso porque hoje eu vejo que o que me atraía nos investimentos era o desafio de fazer o dinheiro render mais que a Selic, para mim os aportes são apenas uma maneira de economizar para o futuro, não de enricar com aplicações ninjas que me darão retorno extraordinário. Então no final eu meio que terceirizei o rendimento do meu capital para os fundos, aplico uma quantia aqui e o gestor vai me trazer um rendimento mensal. Mas não falo isso por conta dessa baixa no valor das cotas, o meu raciocínio é sobre o modo que escolhi lidar com parte do meu patrimônio, de maneira preguiçosa: coloque dinheiro aqui e receba x por mês, que foi o motivo pelo qual investi em FIIs. De fato, o valor dos aluguéis em relação ao custo que paguei pela cota continua bom, independente da cotação atual (pelo menos por enquanto).

Essa foi minha pequena reflexão, segue a tabela:


Aluguéis de setembro: R$550,00

É isso, guys and girls, segue um vídeo aleatório sobre superação (é brincadeira, o vídeo é bom). Fiquem com Deus e até a próxima!



Jhonny

Comentários

Mais visitadas